Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MEO blog

MEO Sudoeste aqueceu verão alentejano

 

O festival MEO Sudoeste, que aqueceu o verão alentejano de 7 a 11 de agosto, levou milhares à Herdade da Casa Branca na Zambujeira do Mar.

 

Portugueses e estrageiros assistiram aos concertos das suas bandas preferidas, ao som de vários ritmos, desde o reggae, hip hop, eletrónica e rock, distribuídos pelos quatro palcos do festival, MEO, MOCHE Vibrations, MOCHE Room e Santa Casa.

 

AVICII, Cee Lo Green, Calvin Harris, Snopp Lion, Pitbull, Soja, Expensive Soul, Fat Boy Slim, Djeff, Natirus, Ritchie Campbell, Janelle Monáe, Orelha Negra e Convidados, Zona 5, Mónica Ferraz, Capleton, Anselmo Raph, Pete Tha Zouk e muitos mais, conquistaram os 154 mil festivaleiros e 23 mil campistas.

 

  

 

Evento único no roteiro de verão de milhares de festivaleiros, a 17ª edição do MEO Sudoeste contou com outras ações, para além da música.

 

Registaram-se cerca de 50 mil downloads da aplicação oficial do MEO SW, uma aplicação que esteve em primeiro lugar na App Store (iOS) na categoria de entretenimento, e que permitiu aceder, gratuitamente e em total mobilidade, às diversas informações sobre o evento. Também o Wi-Fi gratuito em todo o recinto do festival facilitou o acesso à Internet. O consumo de dados foi superior a 1 Terabyte.

 

Várias ações foram realizadas no recinto. As Brigadas MEO SW, a Dança das Cadeiras, o Moche Wedding ou o Moche Roulette tornaram inesquecível o MEO SW deste ano.

 

Destacam-se, por exemplo, os mais de 20 mil carros marcados com os “Stencil SW” com várias frases alusivas ao festival, e as cerca de 2500 fotografias “Cabeça de Cartaz” tiradas aos festivaleiros para mais tarde recordar e os 50 mil brindes oferecidos.

 

Também se destaca o MOCHE Room, a tenda de música eletrónica, que contou com a presença de muitos jovens festivaleiros e a ação inédita de “casar” no Sudoeste, o MEO Wedding, que levou mais de 2500 jovens com adereços disponibilizados pela marca, a casarem sob a batuta de um Elvis muito animado.

 

A MOCHE Roulette ofereceu os melhores prémios do festival e, na Happy Hour, vendeu diariamente 100 smartphones topo de gama a 20 euros.

 

Para além disso, este ano, o inédito serviço MOCHE Delivery, feito em parceria com a Milaneza e a Telepizza, fez as delícias dos festivaleiros, com a entrega de cerca de 500 jantares gratuitos no campismo.

 

    

 

As máquinas de carregamento de baterias de telemóveis carregaram, este ano, cerca de 140 mil baterias nas 50 máquinas disponibilizadas pelas marcas MEO e MOCHE.

 

Mais uma vez os festivaleiros aderiram à recolha de lixo reciclável, e trocaram mais de meio milhão de copos por 20 mil brindes MEO, uma ajuda preciosa para um ambiente melhor.

 

 

 

É caso para se dizer: para o ano há mais. De 7 a 10 de agosto, no sítio do costume.