Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MEO blog

Conteúdo com fibra e relevante para os clientes MEO e para todos os que procuram um serviço de Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel com qualidade.

Ligar a tecnologia a um festival de música e projeto ambiental

Ligar a tecnologia a um festival de música e projeto ambiental

Há já algum tempo que os festivais de música se tornaram muito mais do que apenas concertos em palco. Há toda uma panóplia de eventos, encontros, amores, desamores e, pelo meio, a tentativa de aplicar alguns projetos dedicados à proteção ambiental.

 

O MEO Sudoeste, que este ano realiza a sua 22ª edição, a partir de 7 de agosto, na Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar, disponibiliza uma aplicação para Android e IOS com uma área dedicada ao ambiente.

 

Através da aplicação, e em formato de jogo de recolha de pontos, os festivaleiros são convidados a recolher plástico e a entregá-lo nos postos. Em troca, recebem pontos que podem depois ser convertidos em brindes.

 

Este ano, todo o processo é digital com os festivaleiros a poderem consultar na aplicação o seu saldo de pontos. Mas esta é apenas uma das novidades deste ano já que, devido ao cada vez maior número de estrangeiros que se deslocam até ao litoral alentejano para assistir ao festival, a aplicação é bilingue. Ou seja, pode ser consultada em português ou inglês.

 

Toda a aplicação possui uma forte componente de comunidade que permite dar força ao slogan que serve de base ao MEO Sudoeste: "Junta-te à Tribo". 

 

Pensada e construída para dar resposta às necessidades dos festivaleiros, a aplicação permite, por exemplo, marcar através de coordenadas GPS a localização do carro, da tenda ou até o "avistamento" de um ou uma "babe". O resto da tribo é avisada e poderá ter a oportunidade de correr até ao local para poder apreciar. Isto, claro, se a beldade decidir ficar parada à espera...

 

Para quem se desloca até ao festival, esta é uma aplicação obrigatória pois, além da componente mais lúdica, inclui toda a informação sobre os concertos, horários (com alertas programáveis) e a possibilidade de interagir com todos os elementos que compõem a tribo de festivaleiros.

 

Mas o foco, como se sabe, está na proteção do ambiente. A 1 de agosto esgotámos os recursos do planeta para um ano e é urgente agir. Será que todos os festivaleiros vão abraçar esta onda e contribuir para tornar o mundo um local mais livre de plástico?

 

Afinal, para concretizar o sonho de acabar com o plástico basta limpar um saco de cada vez.

 

1 comentário

Comentar post