Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MEO blog

Conteúdo com fibra e relevante para os clientes MEO e para todos os que procuram um serviço de Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel com qualidade.

Huawei P20 Pro, fotografia e Inteligência Artificial

Huawei P20 Pro, a Inteligência Artificial aplicada

A revolução dos smartphones voltou a ser chinesa. A Huawei apresentou a gama P20 numa altura em que a maioria já esperava pouca inovação. Afinal o que se pode querer mais do que uma câmara dupla com software Leica? Nada mais, nada menos do que uma câmara tripla com software Leica que permite, entre outras coisas, um zoom híbrido de 5X com uma qualidade que rivaliza com algumas das melhores câmaras fotográficas do mercado.

 

Ao nível da fotografia, como é óbvio, ainda não é possível obter a qualidade que se consegue com um zoom ótico de uma boa teleobjetiva, mas quando se olha para este exercício, até os profissionais ficam espantados com a capacidade e qualidade apresentadas.

 

   

E não é apenas ao nível do zoom que o P20 Pro consegue surpreender. Afinal, a câmara tripla tem de justificar mais do que isso. Justifica com a qualidade das fotos em situação de pouca luz, mesmo sem tripé, com a Inteligência Artifical que possui, melhorada em relação àquilo que foi possível ver com o Mate 10 Pro e também na funcionalidade de câmara lenta. Há muito para explorar mas estas, talvez sejam as funcionalidades que mais saltam à vista. E, como é óbvio, continua a ser possível a ligação a um ecrã para tornar o P20 num computador graças ao EMUI Desktop.

 

A simplicidade de funcionamento é, mais uma vez, aquilo que poderá atrair a maioria dos consumidores. Afinal, a ideia é fazer uma foto ou vídeo de forma rápida e com a melhor qualidade possível.

Graças ao estabilizador de vídeo assistido pela Inteligência Artificial do Huawei P20 Pro, é possível gravar vídeos em câmara lenta de 32x/ 960fps, que resulta em momentos vistos até agora em programas de televisão e com recurso a câmaras bastante caras.

No entanto, esta funcionalidade ainda é muito limitada pelo tempo de gravação permitido.

 

 

 

Mas, há outras possibilidades na câmara lenta. A Huawei já tinha incluído esta função no P9 e agora permite que sejam gravados vídeos a 32X, 8X ou 4X. Ao contrário da limitação da gravação em super slo motion (32X), nas duas últimas variantes, é possível gravar o vídeo e fazer uma edição, no próprio telefone, da parte que se quer colocar em câmara lenta.

 

  

Para os que gostam de especificações técnicas, haverá uma listagem no final do texto mas, de forma mais simples, porque foi com simplicidade que a Huawei conseguiu atingir o nível apresentado nos seus smartphones, este P20 Pro (a versão testada para este artigo) consegue surpreender mesmo os mais céticos.

 

Quando lançou o P9, a Huawei deu início a uma parceria com a Leica e a uma tendência que todas as marcas quiseram imitar. A qualidade fotográfica do smartphone, a simplicidade do sistema operativo nativo (EMUI), muito semelhante ao funcionamento do iPhone, aliado a componentes e tecnologia de última geração, concederam à marca chinesa um lugar privilegiado no ranking dos smartphones.

 

E todos os anos, a cada lançamento, a Huawei tem conseguido superar a qualidade anterior. E, muito importante, sem ser necessário abater, através do software, a qualidade das versões mais antigas. Algo que se verificou com os iPhones da Apple, por exemplo.

 

Por esta altura já todos sabem que este modelo venceu alguns dos melhores prémios do mercado mas, mais relevante, é saber que os consumidores que têm contacto com este P20 Pro ficam rendidos. E não é só ao nível da fotografia que este smartphone se destaca da concorrência. A qualidade de som 

 

Inteligência, Artifical mas acima da média

Quando lançou o Mate 10 Pro, a Huawei anunciou que este era o primeiro smartphone dotado de uma verdadeira Inteligência Artificial. Não desiludiu. O reconhecimento de cenas, ajustando de forma automática as definições da câmara para captar determinado momento, provou ser eficaz (na maior parte das vezes).

Agora, a evolução verificada no P20 Pro mostra que a empresa está apostada em melhorar e a continuar a sua conquista pela liderança do mercado.

 

Equipado com uma lente de elevada abertura até f1.6 a câmara assistida por Inteligência Artificial do P20 Pro ajuda-o a focar e fotografar na perfeição com o reconhecimento automático de elementos. A performance é elevada e até faz com que seja aceitável o smartphone reconhecer que está a nevar no Largo de Santos, em Lisboa, num lindo dia de sol. O brilho intenso das pedras da calçada "enganaram a IA" do P20 Pro mas, mesmo assim, é notável a rapidez com que são processadas as informações.

 

  

O Huawei P20 Pro permite obter imagens noturnas com exposição prolongada, graças ao modo Super Noite sem Tripé. A Inteligência Artificial deste smartphone percebe quais os padrões de estabilização da imagem potenciando resultados só conseguidos até hoje com recurso a um tripé.

 

Nas funcionalidades relativas à fotografia, a Huawei apostou ainda em eliminar a maior parte das dificuldades sentidas por qualquer amador da fotografia. No enquadramento, impede que as pessoas fiquem com as mãos e pés cortados nas fotos de grupo. Ao reconhecer um grupo, a Inteligência Artifical faz automaticamente o zoom out para garantir que todo o grupo aparece na fotografia.

 

A câmara tripla ajuda ainda a alinhar o horizonte ao desenhar uma linha virtual sobre a linha do horizonte real, assegurando assim que as fotografias ficam alinhadas e não "inclinadas".

 

Mas, sem energia, nada disto é possível. Por isso, o P20 Pro está dotado de uma bateria de 4000 mAh (3400 mAh na versão P20). Isto significa que esta versão garante até 2 dias de bateria com um único carregamento através da tecnologia certificada Huawei Super Charge, que garante um carregamento rápido e seguro.

 

O processador Huawei Kirin 970 Octa-Core permite que a IA do P20 Pro quase passe despercebida. Ao nível do desbloqueio através de reconhecimento facial, por exemplo, é possível passar algum tempo sem perceber que o telefone está bloqueado com esta funcionalidade. A rapidez do reconhecimento é praticamente imediata. Mesmo colocando o telefone para um dos lados da face, ele acaba por reconhecer os traços e desbloqueia muito rapidamente.

 

Uma das funcionalidades que atrai, certamente, muitos utilizadores é a capacidade de dual SIM. Ou seja, a possibilidade de permitir a utilização de dois números de telefone no mesmo aparelho.

 

 

A versão abaixo, "apenas" com câmara dupla, tem ainda a grande diferença de possuir um ecrãn TFT em vez do OLED de 6.1" do P20 Pro. Capacidades que deixam antever o que será incluído no próximo lançamento da marca na gama alta. O Mate 20Pro será, pelo que já se sabe, ainda mais poderoso ao nível da Inteligência Artificial.

Pode conferir a seguir as principais diferenças nas características destes dois modelos da gama P20.

  

Características P20 ProDimensões e Peso155x73.9x7.8mm, cerca de 174gEcrã6.1_, OLED, 2240x1080pxCâmaraFrontal_ 24MP, f2.0Traseira_ Câmara Tripla Leica, 40MB RBG f1.8,20MP BW f1.6, 8MP Tele f2.4, 5X Zoom Híbrido,AIS, L.jpg