Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog MEO

Conteúdo com fibra e relevante para os clientes MEO e para todos os que procuram qualidade em serviços de Televisão, Internet, Telefone, Telemóvel e Energia Verde.

Vais mudar de casa?

Vais mudar de casa?

Mudar de casa pode ter tanto de excitante como de stressante. Conhece 5 dicas para preparar uma mudança de casa com calma, bem sucedida e mais sustentável.

 

 

Vais mudar de casa?

 

Mudar de casa pode ter tanto de excitante como de stressante. Seja porque encontrámos a casa dos nossos sonhos, porque vamos trabalhar/estudar para outra cidade ou simplesmente iniciar uma nova vida, a mudança de casa pode ser exigente, dispendiosa e confusa.

 

Quer seja pela primeira ou pela quinquagésima vez, este processo continua a ser caótico. Tralhas por todo o lado, roupas que nem nos lembrávamos que tínhamos, objetos fáceis de partir... enfim, só nos apercebemos da quantidade de pertences que temos na hora de os embalar.

 

Naturalmente com uma mudança vem todo o processo de arrumar, embrulhar, encaixotar e carregar tudo de uma casa para a outra, algo que exige paciência e tempo. Mas não desesperes, nós ajudamos-te com algumas estratégias.

 

Conhece 5 dicas para preparar uma mudança de casa com calma, bem sucedida e mais sustentável.

 

1. Começar o mais cedo possível

 

Nada de deixar as arrumações para a última da hora! Idealmente, deves planear todas as tarefas com um a dois meses de antecedência. Fazer uma lista do que queres levar para a nova casa e começar desde logo a encaixotar.

 

Por uma questão de lógica, a arrumação deve começar pelos objetos que menos usas ou que não vais necessitar até à mudança, deixando os que mais usas para os últimos dias. E, claro, identificar o conteúdo de todas as caixas, bem como a divisão a que se destinam na casa nova. Assim, é menos provável que alguma coisa fique esquecida.

 

Dica verde: Diminuir a quantidade de artigos a levar é outro dos primeiros passos a tomar. Aproveita a oportunidade para juntar todas as roupas, brinquedos e materiais que já não têm uso e doar a amigos, família ou instituições. O que não estiver em condições deve ser colocado na reciclagem ou no lixo orgânico.

 

2. Colocar tudo em caixas

 

Vais precisar sempre de mais caixas do que aquilo que pensas. Caso não consigas arranjar caixas gratuitamente para reutilizar, alugar a empresas de mudanças ou, em último caso, comprar algumas. Começa por encaixotar os artigos que não precisas no dia-a-dia e tem em atenção para não colocares demasiado peso dentro das caixas, pois isso só irá dificultar o seu transporte.

 

Tem especial cuidado com móveis, loiças, candeeiros, espelhos, eletrodomésticos ou tudo o que se possa partir, riscar ou de qualquer forma danificar. Para isso, embrulha os artigos mais frágeis para os proteger durante o transporte.

 

Se vais desmontar móveis para usar na casa nova, certifica-te que guardas todas as pequenas peças num saco devidamente identificado. Na hora de montar tudo novamente torna-se mais fácil e rápido de encontrar.

 

Dica verde: Para embalar os artigos frágeis podes reutilizar folhas de jornal antigo. Também podem ser embrulhados com algum material acolchoado, nomeadamente panos de cozinha, mantas, cobertores ou toalhas.

 

3. Analisar o transporte

 

Agora que está tudo empacotado, como fazer para levar todas as caixas para a outra casa? Se a morada for próxima, aproveita para ir levando as coisas que não usas diariamente. Podem ser mais viagens, mas aos poucos e ficando a caminho, custa menos. Transporta tudo o que puderes no carro e, para móveis e eletrodomésticos de maior volume e mais pesados, pede ajuda a amigos e familiares que tenham uma carrinha.

 

Outra hipótese é contratar uma equipa de profissionais para o dia da mudança…muito provavelmente as tuas costas vão agradecer. Pede orçamentos a empresas de transporte e agenda o quanto antes a data da mudança.

 

Dica verde: Assinala previamente as caixas frágeis e as robustas, para poderes empilhá-las e encaixá-las, aproveitando ao máximo o espaço disponível em cada transporte.

 

4. Tratar de todos os serviços

 

Se há coisa que não pode cair em esquecimento é a alteração da morada nas empresas que fornecem serviços essenciais. Serviços de água, luz, gás e outros devem ser ativados na nova casa e desativados na casa antiga, com algum tempo de antecedência para não teres qualquer prejuízo.

 

Neste passo, podes informar-te sobre a possibilidade de transferir o serviço de televisão e internet para a casa nova. Desta forma manténs os teus benefícios, evitas papeladas e cancelamentos em vão. Trata de tudo online, de forma rápida, cómoda e sem te preocupares.

 

Não te esqueças também de atualizar a nova morada fiscal nas Finanças, de avisar bancos e seguradoras da alteração de morada e atualizar os teus dados na Segurança Social.

 

Dica verde: Já conheces o MEO Energia? A energia é um bem essencial, mas a energia não é toda igual. Aproveita esta oportunidade para mudar para uma energia mais verde e poupar também na fatura ao fim do mês.

 

O MEO Energia é um tarifário de energia produzida a partir de fontes 100% renováveis e que contribui para reduzir a pegada ecológica. Para além dos benefícios para o meio ambiente, os clientes que têm um pacote MEO com tarifário móvel incluído recebem o dobro da net móvel ao aderirem ao MEO Energia.

 

Acede ao simulador do MEO Energia e faz a tua simulação para saberes quanto podes poupar.

 

5. Criar um “kit de sobrevivência”

 

O primeiro dia na nova casa vai ser bem atarefado, já que a maioria das coisas ainda estão dentro de caixas e o cansaço é muito. Assim, pensa nas coisas que irás precisar para a primeira noite (garrafas de água, toalhas, produtos de higiene, roupa de cama) e coloca numa caixa à parte, devidamente identificada. Lembra-te que irás gastar bastante energia e que é importante preparar alguns snacks para ir petiscando ao longo do dia.

 

E pronto, casa vazia, chegou o momento da despedida. Convém fazer uma ronda final pela casa para garantir que nada ficou para trás e... seguir rumo ao próximo capítulo!

 

Quando chegar a hora de transferir o serviço fixo de comunicações para a tua nova casa, não te preocupes! Terás acesso a toda a informação do processo de mudança de casa com o MEO e podes sempre consultar todos os passos em https://www.meo.pt/bem-vindo/mudanca-casa​.

 

Artigos Relacionados

  • As vantagens do débito direto e fatura eletrónica

    As vantagens do débito direto e fatura eletrónica

    Muita gente ainda recebe a fatura dos serviços em papel, no correio, e paga a conta no limite do prazo. Muitas vezes, por esquecimento, lá chega o aviso de corte por falta de pagamento. Saber mais

  • MEO Energia, a eletricidade 100% verde

    MEO Energia, a eletricidade 100% verde

    A Altice Portugal, associou-se à PT Live para criar um tarifário de energia renovável com “benefícios de comunicações”. Saber mais

  • 5 dicas para ser mais sustentável (e poupar) em casa

    5 dicas para ser mais sustentável (e poupar) em casa

    Aponta estas dicas que te vão ajudar a ser mais amigo do ambiente e ainda poupar na conta da luz. Saber mais

Soluções Recomendadas

  • Smart TV 4K

    Smart TV 4K

    Televisões 4K a prestações e sem juros Saber mais

  • MEO GO

    MEO GO

    Vê os canais favoritos de toda a família no tablet, smartphone e PC. Saber mais

  • Tablets

    Tablets

    A experiência mobile ampliada Saber mais